Os emergentes no Brexit

Hoje é mais uma oportunidade para a União Europeia avaliar a saúde financeira do bloco e do Reino Unido, o que deve fornecer pistas importantes sobre o desembarque britânico do bloco europeu. A Zona do Euro divulga sua produção industrial; o Reino Unido, a taxa de desemprego. Mas fica cada vez mais claro que o Brexit será sentido muito longe da Europa. 

Isso porque o Reino Unido tem uma nova prioridade: firmar acordos bilaterais com os principais emergentes – entre eles o Brasil. De acordo com o relatório do Overseas Development Institute, principal instituição do Reino Unido para avaliação do desenvolvimento internacional e de questões humanitárias, o Brasil está cotado como favorito britânico para um acordo de livre comércio, o que geraria uma redução de 12% nas tarifas comerciais para as exportações do Reino Unido. China, Índia e Azerbaijão também estão na mira – e todas essas negociações bilaterais devem render mais de 6,5 bilhões de dólares por ano aos britânicos.

O problema das negociações com o Brasil é que o Reino Unido teria que negociar sob as regras do Mercosul, e incluir no bolo o restante do bloco. Em 2015, o país exportou 3,2 bilhões de dólares para o Brasil, valor equivalente a 76% do total de vendas para todo o Mercosul. 

Os países mais pobres que se beneficiavam dos acordos europeus, por sua vez, têm motivos para ficar apreensivos. Caso países como o Quênia tenham que começar a pagar mais taxas, o prejuízo pode chegar a 430 milhões de dólares ao ano. As exportações de países como Granada para o Reino Unido correspondem a 97% do total exportado para a União Europeia; na Jamaica, essa parcela é de 76%. Os britânicos agora têm liberdade para escolher com quem vão negociar e sob que condições. As contas de quem ganha, e quem perde, vão ficando cada vez mais claras. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s