Rússia critica intromissão estrangeira no Oriente Médio

Os ministros de Relações Exteriores da Rússia e Irã conversaram sobre a situação no Oriente Médio e sobre a resolução do conflito sírio

Moscou – O ministro de Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, afirmou nesta segunda-feira que tanto seu país quanto o Irã rejeitam a intromissão estrangeira nos assuntos do Oriente Médio, em particular na solução ao conflito na Síria.

“Falamos sobre a situação no Oriente Médio e no norte da África, e em particular sobre a resolução do conflito sírio, que só pode ser conseguida mediante o diálogo entre os sírios e sem ingerência externa de nenhum tipo”, disse Lavrov em entrevista coletiva ao término de suas conversas com seu colega iraniano, Javad Zarif.

O chefe da diplomacia russa reiterou a postura do Kremlin de considerar inaceitável que a renúncia do presidente sírio, Bashar al Assad, seja exigida como condição prévia para a solução do conflito na Síria.

“Se alguns de nossos parceiros considera que é preciso pôr como condição a destituição de Al-Assad no final do período de transição no país, para a Rússia é uma postura inaceitável porque é algo que deve ser decidido pelo próprio povo sírio”, assinalou Lavrov.

Lavrov e Zarif também conversaram diversos assuntos da agenda bilateral, incluídos ambiciosos projetos no âmbito de energia, incluída a nuclear.

O levantamento das sanções contra a República Islâmica depois do acordo alcançado em Viena sobre a política nuclear de Teerã “elimina todas as barreiras para uma ampla cooperação entre Irã e Rússia”, apontou Zarif.

Ele disse confiar que “a cooperação nuclear pacífica entre Irã e Rússia continuará depois dos acordos de Viena”, acrescentou.

Os dois países acordaram há um ano a construção de duas novas usinas nucleares no sul do Irã, depois de a Rússia ajudar o Irã a levantar sua única central atômica, a de Busher, que já funciona a pleno rendimento.

A usina, com uma potência de mil megawatts, entrou em funcionamento em agosto de 2010, depois de mais de uma década de obras que enfrentaram a oposição ocidental.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s