Rússia estudaria enviar tropas à Síria se Damasco pedisse

No entanto, o porta-voz do Kremlin acrescentou que, por enquanto, se trata de algo "hipotético" por isso que "é difícil falar disso"

Moscou – A Rússia estudaria a possibilidade de enviar tropas à Síria para tomar parte em operações militares contra o Estado Islâmico (EI), se Damasco o pedir, disse nesta sexta-feira o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

“Se houver uma solicitação, então, no marco dos contatos e do diálogo bilaterais, naturalmente se estudará e debaterá”, assinalou Peskov, citado pela imprensa local.

No entanto, ele acrescentou que, por enquanto, se trata de algo “hipotético” por isso que “é difícil falar disso”.

Peskov fez esta declaração depois que ontem o ministro das Relações Exteriores sírio, Walid Muallem, afirmou que “em caso de necessidade” o governo de Damasco poderia estudar pedir à Rússia que envie tropas para apoiar as forças governamentais.

Moualem, em uma entrevista à televisão síria, negou que tropas russas estejam combatendo na Síria e destacou que o Exército do país sírio é capaz de controlar a situação, embora tenha admitido que precise de apetrechos e armamento de qualidade para enfrentar os grupos terroristas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s