Rússia manterá apoio militar ao governo da Síria, diz Putin

"Fornecemos e continuaremos a fornecer assistência militar", afirmou Putin, convidando outros países a fazerem o mesmo.

Moscou – O presidente russo, Vladimir Putin, disse que continuará a enviar assistência militar ao regime do presidente sírio, Bashar al-Assad, em meio às preocupações sobre o aumento da presença militar de Moscou no país do Oriente Médio.

“Nós apoiamos o governo da Síria em seu esforço para conter a agressão terrorista”, afirmou Putin durante um encontro sobre a questão da segurança em Dushanbe, capital do Tajiquistão.

“Fornecemos e continuaremos a fornecer assistência militar”, afirmou, convidando outros países a fazerem o mesmo.

A declaração é feita após autoridades dos Estados Unidos mostrarem-se alarmadas com a presença militar mais robusta dos russos na Síria. Os EUA temem que Moscou assuma um papel direto de combate para apoiar o regime de Assad.

Putin disse que, caso a Rússia não apoiasse a Síria, a situação nesse país seria pior que a da Líbia e o fluxo de refugiados para a Europa seria maior. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s