Rússia questiona acusação de EUA sobre teste nuclear do Irã

Teerã afirma que seus mísseis não foram construídos para cargas nucleares e que, por isso, estão fora do alcance das resoluções da ONU

A Rússia pôs em dúvida nesta quinta-feira as acusações dos Estados Unidos e de seus aliados sobre o recente teste de um míssil iraniano, algo que estes países consideram uma violação das resoluções da ONU.

“Temos que examinar os detalhes técnicos”, declarou a jornalistas o embaixador russo na ONU, Vitali Churkin, afirmando que a resolução de 1929 concerne unicamente os mísseis balísticos capazes de levar armas nucleares.

Também faz falta, continuou Churkin, “ter em conta as circunstâncias políticas”, agora que as grandes potências firmaram, em julho, um acordo histórico com o Irã.

“Precisamos ser prudentes nesse terreno (…) e mostrar profissionalismo”, continuou.

Teerã afirma que seus mísseis não foram construídos para cargas nucleares e que, por isso, estão fora do alcance das resoluções da ONU.

Estados Unidos, França, Alemanha e Reino Unido pediram na quarta-feira ao Comitê de Sanções das Nações Unidas que investigue o recente teste de mísseis por parte do Irã.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s