Sabe como relaxam os soldados sul-coreanos? Com aulas de balé

A península da Coreia está fervendo com a ameaça nuclear vinda do Norte. Para acalmar os soldados da Zona Desmilitarizada, exército agora oferece aulas de dança

São Paulo – A península da Coreia vive em tensão com a crescente ameaça nuclear vinda do Norte. O clima de nervosismo é ainda maior na chamada Zona Desmilitarizada (DMZ), faixa de segurança que separa a Coreia do Norte da Coreia do Sul e uma das fronteiras mais bem protegidas do planeta.

Para acalmar os ânimos, os soldados da 25ª Divisão do exército sul-coreano que estão estabelecidos na região tem a oportunidade de praticar a arte do balé clássico, um dos estilos de dança mais delicados e técnicos.

Ao todo, as classes contam com 15 estudantes homens e são conduzidas semanalmente por uma das bailarinas da companhia Balé Nacional da Coreia há cerca de um ano. De acordo com a agência Reuters, a maioria deles jamais havia praticado essa dança.

“Há muita tensão por aqui”, contou um dos alunos à agência, “especialmente porque somos da unidade que está na linha de frente”. “Mas com o balé, consigo me manter mais calmo e encontrar equilíbrio”, continuou.

Benefícios além do ritmo

Os benefícios que o balé traz para o corpo não são novidades. Para se ter uma ideia, um estudo da Universidade de Hertfordshire (Reino Unido), que comparou o condicionamento físico de bailarinos profissionais com atletas da seleção britânica de natação, revelou os dançarinos eram até 25% mais fortes que os nadadores. Além disso, essa prática é conhecida pelos efeitos positivos que tem em amenizar sintomas de doenças como o Parkinson.

Potência militar

Um levantamento recente conduzido pelo site Global Firepower analisou as maiores potências militares do planeta e produziu um ranking para compará-las entre si. Com um orçamento de 33 bilhões de dólares, as forças armadas da Coreia do Sul conquistaram a 11ª posição na edição 2016 do estudo.

Os repórteres Nataly Pak e Minwoo Park, da agência Reuters, visitaram o local das aulas na cidade de Paju e registraram os melhores momentos dos soldados. Acompanhe nas imagens. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s