Scala cogita falsificação de contas em pagamento a Platini

O pagamento custou a Blatter e a Platini uma suspensão cautelar de 90 dias pela comissão de ética da Fifa

O polêmico pagamento de dois milhões de francos suíços de Joseph Blatter a Michel Platini não apareceu nas contas da Fifa até 2011, o que “pode ser considerado uma falsificação das contas”, disse a presidente da comissão de auditoria e da comissão eleitoral do organismo, Domenico Scala.

O pagamento custou a Blatter, agora presidente em final de mandato na Fifa, e a Platini, presidente da Uefa, uma suspensão cautelar de 90 dias pela comissão de ética do organismo.

“As duas partes (Michel Platini e Joseph Blatter) reconhecem que estabeleceram um acordo a propósito dos dois milhões de francos suíços (1,8 milhão de euros), mas essa quantia nunca apareceu nas contas da Fifa antes do pagamento efetivo”, em fevereiro de 2011, declarou Scala, em uma entrevista publicada nesta terça à noite no site do “Financial Times”.

“É uma falta grave. As duas partes eram membros do comitê executivo da Fifa e aprovavam, com conhecimento de causa, cada ano dos balanços financeiros, que, portanto, continham uma falsificação de dois milhões de francos suíços. Isso poderia ser considerado como uma falsificação das contas da Fifa”, acrescenta Scala, na entrevista.

Interrogado sobre o tempo passado entre os serviços prestados por Platini como conselheiro (1999-2002) e o pagamento efetivo, Scala disse: “uma explicação que eu vejo é que a Fifa não podia pagar. A outra explicação é que não se pagou no momento, porque teria sido mais do que ganhava o secretário-geral. Nenhuma das explicações é pertinente”.

“As duas partes dessa transação eram membros do comitê executivo da Fifa quando aconteceu o pagamento. Portanto, os dois estavam em um conflito de interesses e deveriam ter recusado” o negócio, completa Scala.

Blatter é acusado pela Justiça suíça por esse pagamento, ao contrário de Platini, que continua sendo candidato à presidência da Fifa na eleição prevista para 26 de fevereiro. Ele compareceu no caso como testemunha.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s