Seis crianças são mortas ou feridas por dia no Iêmen

As crianças representam um terço as mortes de civis no Iêmen desde março de 2015, segundo o Unicef

Seis crianças morrem ou são feridas em média a cada dia no Iêmen desde o início dos bombardeios aéreos sauditas há um ano, denunciou nesta terça-feira a ONU, que destaca o preço elevado que os mais jovens pagam no conflito.

Em um relatório publicado por ocasião do primeiro aniversário dos bombardeios aéreos da Arábia Saudita, o Unicef, Fundo das Nações Unidas para a Infância, afirma que “mais de 900 crianças morreram e mais de 1.300 ficaram feridas no Iêmen, sete vezes mais que em todo o ano de 2014”.

As crianças representam um terço as mortes de civis no Iêmen desde março de 2015, segundo o Unicef.

De acordo com a ONU, mais de 6.300 pessoas morreram no Iêmen, quase metade civis, desde o início, em março de 2015, da intervenção árabe liderada pela Arábia Saudita.

Apesar do apoio militar crucial da coalizão árabe, as forças pró-governo ainda não conseguiram retomar as cidades conquistadas pelos rebeldes xiitas huthis, incluindo a capital, Sanaa.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s