Suíça aceita processo contra a Fifa por trabalho no Catar

A queixa expunha como nas obras de infraestrutura para o Mundial não se respeitam os "direitos humanos" dos trabalhadores, especialmente dos emigrantes

Genebra – O Ministério de Economia da Suíça aceitou um processo do sindicato internacional de trabalhadores da construção IBB contra a Fifa por causa das obras para a Copa do Mundo do Catar em 2018.

Antje Baertschi, porta-voz do ministério, confirmou nesta sexta-feira que no último mês de maio receberam um processo do citado sindicato denunciando que a Fifa não cumpria os princípios da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) sobre os direitos dos trabalhadores da construção.

A queixa expunha como nas obras de infraestrutura para o Mundial não se respeitam os “direitos humanos” dos trabalhadores, especialmente dos emigrantes.

Esta semana, o ministério aceitou o processo por entender que está bem fundamentado e propôs um processo de mediação entre as duas partes, ou seja a Fifa e os sindicatos.

Baertschi esclareceu que, apesar de o ministério entender que o processo está bem fundamentado, não quer dizer que se tenha assumido que os princípios da OCDE tenham sido violados, como denuncia a parte litigante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s