Suposto jihadista é detido na Alemanha por crime de guerra

Segundo a procuradoria, trata-se de um sírio de 24 anos identificado como "Suliman A.-S."

Um sírio suspeito de fazer parte de um grupo jihadista e que participou do sequestro de um enviado das Nações Unidas em Damasco, em 2013, foi detido na Alemanha por crime de guerra, informou a procuradoria.

“Segundo as investigações, a pessoa detida pertencia ao grupo armado (vinculado à Frente Al-Nosra) e participou, entre março e junho de 2013, na vigilância da vítima do sequestro”.

O sequestrado conseguiu escapar de seu cativeiro em outubro daquele ano, acrescentou a fonte.

Segundo a procuradoria, trata-se de um sírio de 24 anos identificado como “Suliman A.-S.”.

Ele foi detido em Stuttgart (sudoeste).

Os sequestradores do emissário da ONU realizaram inúmeras ameaças de morte contra a vítima e tentaram sem sucesso obter um regate.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s