Suspeito de assassinatos no Mississippi pediu desculpas

Suspeito de matar a tiros um professor universitário e de matar a própria namorada com quem morava, antes de se suicidar, deixou um bilhete se desculpando

Um homem suspeito de matar a tiros um professor universitário do Mississippi e de matar a própria namorada com quem morava, antes de se suicidar, deixou um bilhete se desculpando pelos seus atos, disse a polícia nesta terça-feira.

No entanto, uma autoridade policial disse que Shannon Lamb, um instrutor de ciências sociais e geografia na Delta State University, não deu nenhum motivo para os ataques que levaram a uma caçada na segunda-feira, antes que ele atirasse em si mesmo quando era encurralado pelos policiais.

A polícia disse que Lamb, de 45 anos, matou a tiros Amy Prentiss, de 41, no lugar onde eles moravam em Gautier (Mississippi), antes de dirigir 480 km até a Delta State, onde ele matou também a tiros o colega Ethan Schmidt, professor-assistente de história americana.

“Lamento muito”, diz o bilhete escrito a mão assinado por Lamb. “Gostaria que eu pudesse voltar atrás. Eu amava Amy, e ela é a única pessoa que me amou.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s