Suspeitos de terrorismo atacam hotel em Burkina Faso

Testemunhas informaram que ao menos três homens armados e com turbantes participam do ataque

Homens armados atacaram nesta sexta-feira e estão entrincheirados no hotel Splendid de Uagadugu, deixando dois mortos, informaram testemunhas e um comunicado ao qual a AFP teve acesso, no que a embaixada da França em Burkina Faso qualificou de ação “terrorista“.

Segundo um comunicado do Exército, o ataque, lançado esta tarde, teve como alvo forças de ordem em uma localidade do norte do país, na fronteira com o Mali.

“Esta tarde, por volta das 14H00 (locais, 12H00 de Brasília), cerca de vinte indivíduos não identificados, com armas pesadas, lançaram um ataque contra as forças de ordem em missão na cidade de Tin Abao, localidade situada próximo de Tin Akoff, a 40 km de Gorom-Gorom” (norte, perto da fronteira com o Mali), diz o texto, que indica que o “balanço provisório” é de “dois mortos, um policial e um civil, e dois policiais feridos, um deles com gravidade”.

Duas picapes das forças da ordem de Burkina Faso foram enviadas à região do hotel, onde ocorriam disparos esporádicos entre agentes e os agressores, constatou o jornalista da AFP no local.

O ataque começou às 19h45 local e também envolveu o café e restaurante Cappuccino, situado na mesma avenida Kwame Nkrumah, uma das principais artérias da capital.

O Splendid, um dos principais hotéis da cidade, tem 147 quartos e é utilizado com frequência por ocidentais e pessoal das Nações Unidas.

Testemunhas informaram que ao menos três homens armados e com turbantes participam do ataque.

Segundo as primeiras informações, o grupo atacou o hotel e depois o restaurante, situado nas proximidades.

O ataque ocorre menos de dois meses após o atentado jihadista contra o hotel Radisson Blu de Bamako, capital do Mali, que deixou 20 mortos, incluindo 14 estrangeiros, no dia 20 de novembro.

Dois grupos reivindicaram o ataque: Al-Murabitun, do argelino Mokhtar Belmokhtar, e a Frente de Libertação de Macina (FLM, movimento jihadista maliense).

Forças especiais francesas estão estacionadas na região de Uagadugu.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s