Taiwan confirma que China instalou mísseis em ilha disputada

As fontes, que pediram anonimato, não quiseram dar mais detalhes, mas disseram que estão seguindo com muita atenção as ações da China na região

Taipé – A China instalou mísseis terra-ar em uma ilha do arquipélago Paracel, uma área disputada no Mar da China Meridional, confirmaram nesta quarta-feira à Agência Efe fontes militares de Taiwan, que afirmaram que existem fotografias de satélite que comprovam esse fato.

As fontes, que pediram anonimato, não quiseram dar mais detalhes, mas disseram que estão seguindo com muita atenção as ações da China na região.

Horas antes, a emissora de televisão americana “Fox News” informou que a China dispõe de um sistema de lançamento de mísseis terra-ar em uma das ilhas do arquipélago disputado com outras nações do sudeste asiático no Mar da China Meridional.

A “Fox” mencionou imagens tomadas por satélites da ImageSat International nas quais é possível ver duas baterias de oito lançadores de mísseis terra-ar e um sistema de radares na ilha Woody, que é parte do arquipélago Paracel.

Os mísseis chegaram na semana passada, já que as imagens de satélite mostram a praia, que estava vazia em 3 de fevereiro, abrigando esses dispositivos desde o dia 14.

A ação chinesa é mais uma que contribui para o aumento das tensões na região desde que no ano passado se soube, através de imagens tomadas via satélite, que a potência asiática realizou construções de grande porte e complexidade em ilhotas e recifes das ilhas Spratly, transformando-as em autênticas ilhas artificiais, inclusive com pistas de pouso e guarnições militares.

Precisamente hoje, os ministros das Relações Exteriores da China, Wang Yi, e Austrália, Julie Bishop, se reúnem em Pequim com a militarização das ilhas Spratly e Paracel – que os chineses chamam de Xisha – como um dos principais pontos em discussão.

Esses dois arquipélagos são disputados por vários países da região. As ilhas Paracel são controladas pela China, mas Taiwan e Vietnã também reivindicam sua soberania, enquanto o arquipélago das Spratly, que são mais dispersas, é controlado parcialmente por China, Filipinas, Taiwan, Vietnã e Malásia, enquanto Brunei também mantém reivindicações sobre as ilhas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s