Torre Eiffel ficará fechada por protesto contra reforma

O fechamento do monumento mais emblemático na França é causado pelo 11º dia de mobilização nacional convocada pelos sindicatos

Paris – A empresa que opera a Torre Eiffel, em Paris, anunciou nesta terça-feira que o monumento mais visitado da França permanecerá fechado por conta do protesto contra as reformas trabalhistas do governo socialista.

“Os soldados não são suficientes para abrir o monumento nas condições de recepção e segurança suficientes para o público e portanto a torre permanecerá fechada durante todo o dia”, informou em comunicado a Sociedade de Exploração da Torre Eiffel (Sete).

O fechamento do monumento mais emblemático na França é causado pelo 11º dia de mobilização nacional convocada pelos sindicatos contra o projeto de lei da reforma trabalhista, que hoje se submete a votação no Senado.

Os sete sindicatos que estão liderando o protesto lamentam em comunicado que o presidente, François Hollande, ignore suas reivindicações e a rejeição dos franceses para essa reforma, que segundo seus dados ultrapassa 70%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s