Tropas iraquianas matam 83 membros do Estado Islâmico

Mortes ocorreram em diferentes operações por todo o país, informaram fontes de segurança

Bagdá – Tropas governamentais recuperaram neste domingo três povoados no oeste do Iraque das mãos do Estado Islâmico (EI) e mataram 83 membros do grupo jihadista em diferentes operações por todo o país, informaram fontes de segurança à Agência Efe.

Apoiados por milicianos tribais sunitas e aviões da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, os soldados libertaram as localidades de Al Alia, Al Karia e Dualiya, todas localizadas ao oeste da cidade de Hit, que fica na província de Al Anbar.

Os confrontos deixaram 21 membros do EI mortos, além de provocar a destruição de vários veículos dos jihadistas, abrindo caminho para o avanço das forças governamentais em direção a outros povoados do oeste de Hit, uma das principais cidades da província.

Já o Comando de Operações Conjuntas, que reúne o Exército e outras forças de segurança, informou em comunicado que dezenas de jihadistas morreram em bombardeios aéreos na província de Ninawa, no norte do país. Caças do Exército do Iraque lançaram mísseis contra um armazém de armas e explosivos do EI na região de Al Tash, provocando a morte de 14 terroristas.

Além disso, um comboio do EI foi bombardeado na região de Hamam al Alil, a 25 quilômetros ao sul de Mossul, o que ocasionou a morte de oito membros do grupo e a destruição de outros dois veículos.

A nota acrescenta que outros 15 jihadistas morreram em um ataque aéreo contra uma oficina usada para montar carros-bomba na região de Salbi, ao sul de Mossul, principal reduto do grupo no Iraque.

Em outra operação, segundo o Comando de Operações Conjuntas, outros 25 integrantes da organização terrorista morreram e dezenas ficaram feridas após ataques aéreos contra outras posições do EI nas províncias de Al Anbar e Ninawa. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s