Turquia detém 10 estrangeiros ligados a Gülen

O vice-primeiro ministro afirmou que pelo menos quatro deles tinham sido formalmente preso e aguardavam julgamento

Ancara – O vice-primeiro ministro da Turquia, Numan Kurtulmus, disse nesta segunda-feira que 10 cidadãos estrangeiros foram detidos suspeitos de estarem ligados com o clérigo Fethullah Gülen, exilado nos EUA, e que o governo turco acusa de ser o mentor da tentativa fracassada de golpe no dia 15 de julho.

Kurtulmus afirmou que pelo menos quatro deles tinham sido formalmente preso e aguardavam julgamento. Ele não deu detalhes sobre suas nacionalidades.

O vice-primeiro ministro disse ainda que um dos detidos é uma pessoas que entrou ilegalmente na Turquia da Síria, no sábado.

O clérigo Fethullah Gülen, que negou qualquer envolvimento no golpe fracassado, vive em exílio auto-imposto na Pensilvânia, nos EUA. Fonte: Associated Press.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s