Turquia detém 11 suspeitos de conexão com ataques em Ancara

Existem fortes indícios de que o ataque foi realizado por rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão

Ancara – O primeiro-ministro da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse nesta segunda-feira que as autoridades do país detiveram 11 pessoas em conexão com o bombardeio em Ancara ontem à noite, que matou 37 pessoas.

Davutoglu disse a repórteres que existem fortes indícios de que o ataque foi realizado por rebeldes curdos do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

O premiê afirmou que os testes de DNA para identificar os dois terroristas continuam e prometeu, novamente, que a Turquia iria continuar sua luta contra os rebeldes até que sejam eliminados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s