Turquia diz que não é campo de concentração para refugiados

Não podemos aceitar um acordo como 'dê dinheiro e eles podem ficar na Turquia'", afirmou primeiro-ministro

O primeiro-ministro turco, Ahmed Davutoglu, disse nesta segunda-feira que seu país não é um campo de concentração e que não receberá os migrantes de forma permanente para acalmar a União Europeia (UE), que deseja que a Turquia ajude a deter a chegada de pessoas à Europa.

“Não podemos aceitar um acordo como ‘dê dinheiro e eles podem ficar na Turquia'”, afirmou.

“A Turquia não é um campo de concentração”, disse ainda Davutoglu, em uma entrevista ao vivo na televisão, um dia depois de se reunir com a chanceler alemã Angela Merkel para tratar da crise de refugiados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s