UE aprova criação de corpo de agentes fronteiriços europeus

Com esta nova agência, que irá substituir a Frontex, pretende-se evitar o caos em uma fronteira externa particular, como a situação vivida na Grécia

O Parlamento Europeu aprovou um texto para criar um novo organismo europeu para proteger as fronteiras externas da UE, que poderá mobilizar até 1.500 agentes de fronteira.

Com esta nova agência, que irá substituir a Frontex, pretende-se evitar o caos em uma fronteira externa particular, como a situação vivida na Grécia, que coloca em perigo a livre circulação no espaço Schengen.

A adoção da nova legislação, que deverá entrar em vigor no outono, teve que superar a relutância de alguns Estados que temiam por sua soberania nacional.

No texto aprovado, em vez de ser a Comissão quem decide onde e quando intervir, este poder passou para o Conselho Europeu e, portanto, aos Estados-Membros.

Se o país afetado por um fluxo maciço de migrantes rejeitar a intervenção, os demais países poderão reintroduzir temporariamente controles nas fronteiras internas do espaço Schengen.

Assim, “reconhecemos na prática, que as nossas fronteiras externas são fronteiras comuns, das quais somos todos responsáveis”, afirmou o comissário para as Migrações, Dimitris Avramopoulos.

A nova entidade também terá um papel mais importante que a Frontex na expulsão de migrantes aos seus países de origem quando eles não forem elegíveis ao status de refugiado.

Por razões técnicas, o Parlamento deverá votar novamente, provavelmente em setembro, para finalizar o novo dispositivo.

No ano passado, 850.000 migrantes chegaram por via marítima na Grécia, antes do pacto entre a UE e a Turquia que freou as chegadas por esse caminho e desviou o fluxo para a Itália através da Líbia.

Desde o início do ano, 2.800 pessoas se afogaram no Mediterrâneo tentando chegar à Europa, de acordo com dados da ONU.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s