UE pede que Turquia reduza violência e busque paz com curdos

"No ano passado, deficiências significativas afetaram a independência do poder judiciário", afirmou a Comissão

Bruxelas – A Turquia precisa acalmar a violência crescente no país, buscar a paz com os curdos e aceitar as liberdades de imprensa e do Judiciário, disse nesta terça-feira a Comissão Europeia, que supervisiona a tentativa turca de entrar na União Europeia.

“A Comissão espera ver um fim na crescente violência na Turquia e a volta das negociações sobre uma solução duradoura da questão curda”, disse Johannes Hahn, comissário em cargo da ampliação da UE, ao Parlamento Europeu.

“No ano passado, deficiências significativas afetaram a independência do poder judiciário, assim como a liberdade da assembleia e liberdade de expressão, em particular no que diz respeito à pressão e intimidação de jornalistas”, disse Hahn após emissão do relatório anual da Comissão, na Turquia.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s