Unicef diz que 700 crianças refugiadas chegam por dia à UE

A organização detalhou que em junho havia uma criança para cada dez imigrantes e refugiados que cruzavam a fronteira da Grécia

Genebra – Cerca de 700 crianças chegam diariamente à Europa em busca de refúgio, e entre janeiro e setembro deste ano o número chegou a 214 mil, informou nesta segunda-feira a Agência das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

“O número de crianças e mulheres aumentou de maneira constante e não há perspectivas que isso termine”, afirmou o organismo que presta socorro humanitário aos menores imigrantes e refugiados em sua travessia à Europa.

A organização detalhou que em junho havia uma criança para cada dez imigrantes e refugiados que cruzavam a fronteira da Grécia à Macedônia, proporção que recentemente passou para uma a cada três.

“Esta gente jovem está determinada a buscar uma vida melhor, mas seu futuro fica por um fio quando realizam a jornada pela Europa. Não podemos dar as costas para essas pessoas”, declarou a coordenadora do Unicef para refugiados e imigrantes na Europa, Marie-Pierre Poirier.

Somente na Suécia, o número de menores de idade que estão a sós e que solicitaram asilo neste ano é 24 mil, o que supera o total dos que fizeram o mesmo em toda a Europa em 2015.

O Unicef anunciou que são necessárias medidas especiais para este grupo vulnerável, como a preparação de lugares que possam acolher bebês e crianças pequenas no inverno e evitar que morram pelas baixas temperaturas que se aproximam na Europa.

Também é fundamental que sejam evitadas mudanças repentinas nos procedimentos que são realizadas em fronteiras, acrescentou.

A agência da ONU indicou que são necessários certos serviços e espaços especiais para receber crianças incapacitados e que se faça todo o possível para evitar a separação de crianças e responsáveis.

Isso deve ser complementado por medidas de proteção especial para os menores, a busca de suas famílias e serviços de intérpretes, o que pode ser efetivo na hora de prevenir que as crianças caiam em redes de tráfico de pessoas em seu caminho rumo ao destino final na Europa, indicou o Unicef.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s