Volkswagen é denunciada por obstruir investigação nos EUA

A empresa não cumpre plenamente suas promessas de cooperação, disseram em um comunicado os procuradores-gerais de Nova York e Connecticut

Volkswagen não cooperou com os estados dos Estados Unidos nas investigações sobre a tecnologia usada para adulterar a quantidade de gases poluentes emitidos por seus veículos a diesel, disseram nessa sexta-feira dois procuradores.

A empresa não cumpre plenamente suas promessas de cooperação, informaram em um comunicado os procuradores-gerais de Nova York e Connecticut, que lideram as investigações em mais de 40 estados que são paralelas às realizadas pelo governo federal.

“A colaboração da Volkswagen com os estados tem sido irregular e, francamente, se parece à de uma empresa que busca negá-la mas do que de uma que tenta deixar para trás uma admitida cultura de enganos”, disse o procurador-geral de Nova York, Eric Schneiderman.

Ele acrescentou que a VW demora em apresentar documentos, disse que adia respostas até que conclua sua “investigação independente” e invoca leis de privacidade alemãs para não fornecer às autoridades americanas os e-mails de seus executivos, explicou.

“Nossa paciência com a Volkswagen está se esgotando”, ressaltou Schneiderman.

O procurador-geral de Connecticut, George Jepsen, disse que os estados “buscarão todos os mecanismos disponíveis” para que a VW assuma suas responsabilidades.

“É frustrante que, apesar de declarações públicas, prometendo colaboração e o desejo expresso de resolver as várias investigações (…), a Volkswagen esteja, de fato, resistindo a colaborar, invocando a legislação alemã”, disse Jepsen.

As declarações dos procuradores acontece dois dias depois de o Departamento de Justiça ter processado civilmente a VW por instalar o sistema que permitia que cerca de 600.000 automóveis a diesel burlassem os limites de emissões de gases poluentes.

A firma alemã admitiu que instalou esse tipo de dispositivo em 11 milhões de veículos no mundo todo entre 2009 e 2015.

Texto atualizado às 17h55

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s