Ações da Vale despencam após ação por desastre em Mariana

Pouco depois da abertura dos mercados, às 10h40, as ações preferenciais da Vale caíam 5,75%

As ações da Vale afundaram mais de 5% na Bolsa de São Paulo nesta quarta-feira, depois que o Ministério Público Federal (MPF) exigiu da mineradora brasileira e da anglo-australiana BHP 155 bilhões de reais em reparação pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais.

Pouco depois da abertura dos mercados, às 10h40, as ações preferenciais da Vale caíam 5,75%, enquanto as ordinárias recuavam 6,06%, afetadas pela ação movida na terça-feira após a pior catástrofe ambiental da história do Brasil, que matou 19 pessoas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s