Acordo de carro com Google não é exclusivo, diz Fiat

Acordo acertado entre as empresas envolvendo a produção de 100 carros autônomos não prevê exclusividade, afirmou o presidente-executivo da montadora

Roma – Um acordo acertado recentemente entre o Google e a Fiat Chrysler envolvendo a produção de 100 veículos autônomos não prevê exclusividade, afirmou o presidente-executivo da montadora, Sergio Marchionne, nesta quinta-feira.

Falando em Roma, o executivo afirmou que o acordo permite que as duas companhias negociem com outras partes, mas não ficou claro se a tecnologia desenvolvida sob o projeto entre a Fiat Chrysler e o Google poderá ser compartilhada com outros grupos.

O acordo, anunciado nesta semana, marcou a primeira vez em que uma companhia do Vale do Silício aliou-se à uma montadora tradicional para o desenvolvimento de veículos autônomos.

Marchionne afirmou ainda que a FCA não tem mais contatos com a General Motors desde que sua proposta de fusão foi recusada pela rival de maior porte.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s