Após 20 anos, editora Cosac Naify encerra atividades

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o fundador Charles Cosac afirmou que a editora, fundada em 1996, fechará as portas

São Paulo – O fundador da editora Cosac Naify, Charles Cosac, afirmou hoje em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo que decidiu fechar as portas.

Cosac diz que os funcionários foram avisados hoje da decisão, apoiada pelo sócio americano Michael Naify.

Referência no mercado de livros de arte de luxo, a Cosac Naify foi fundada em 1996 e conta com um catálogo de 1.600 títulos, que incluem escritores como Liev Tolstói, Enrique Vila-Matas e Valter Hugo Mãe.

Na entrevista, Charles Cosac diz que o fechamento não ocorre apenas pela crise econômica, mas pela dificuldade em conciliar o alto custo de produção das obras com as vendas.

Ele afirma também que a editora fará o possível para que os livros sejam publicados por outras editoras.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s