Avago assegura aprovação da UE para compra da Broadcom

Reguladores antitruste europeus liberaram a planejada compra da fabricante de chips Broadcom pela Avago, por 37 bilhões de dólares

Bruxelas – Reguladores antitruste europeus liberaram nesta segunda-feira a planejada compra da fabricante de chips Broadcom pela Avago, por 37 bilhões de dólares, sem ressalvas.

Estimulada pela demanda por chips mais baratos e novos produtos para alimentar aparelhos conectados à internet, assim como a necessidade de cortar custos, a indústria global de semicondutores tem visto uma onda de consolidações este ano, com o acordo de Avago e Broadcom dentre os maiores.

A Comissão Europeia disse que tinha algumas preocupações iniciais, mas que foram dissipadas após a Avago concordar em deixar outras fabricantes terem acesso contínuo a propriedade intelectual essencial em termos razoáveis.

“Graças à boa cooperação com as empresas, a Comissão foi capaz de aprovar esta aquisição multibilionária em um curto período de tempo enquanto preserva a competição efetiva neste setor crucial de alta tecnologia”, disse a comissária da Comissão Europeia Margrethe Vestager.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s