Boeing planeja cortar mais de 4.500 postos até junho

Apesar da alta nas encomendas, empresa está perdendo fatia de mercado para Airbus e pretende cortar custos

Illinois – A Boeing planeja cortar mais de 4.500 postos de trabalho até junho, enquanto a empresa acelera seus esforços de reduzir os custos para manter o ritmo com seus clientes que têm buscado aviões menos caros.

Os cortes deverão ocorrer mesmo com a Boeing registrando recorde nas encomendas desses aviões e aumentar sua produção de aeronaves. No entanto, a empresa tem perdido fatia de mercado para sua rival Airbus.

A unidade comercial da Boeing espera cortar cerca de 2.400 postos por meio de demissões e cerca de 1.600 por meio de demissões voluntárias, disse um porta-voz da empresa.

Isso inclui a demissão de “centenas” de gerentes e executivos, alguns por meio de demissões involuntárias.

A empresa também irá reduzir sua unidade de testes de voo, que é parte de uma unidade separada, cerca de 10% do total dos 5.700 postos de trabalho, acrescentou o porta-voz da empresa.

As demissões reduzirão a força de trabalho da Boeing – que era de 161 mil em 31 de dezembro – em cerca de 2,8%. A Boeing já cortou 1.200 empregos de sua unidade de jatos comerciais este ano e as reduções adicionais resultam em 5% do total de sua atividade comercial, que possui 82 mil pessoas. A maioria dessas pessoas trabalha no estado de Washington.

A Boeing tem buscado acalmar os nervos dos investidores de que uma queda dos preços dos jatos poderiam pressionar os lucros.

A empresa também enfrenta pressão para cumprir as suas promessas de fluxo de caixa, enquanto ela tenta recuperar cerca de US$ 30 bilhões em custos diferidos que foram acumulados na construção do 787 Dreamliner.

O porta-voz da empresa disse que quaisquer demissões involuntárias dos funcionários sindicalizados “só seria usada como um último recurso”. Fonte: Dow Jones Newswires.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s