CEO do Deutsche Bank diz que não reduzirá presença na China

Fitschen disse que bancos estrangeiros estão todos no processo de vender participações minoritárias em empresas chinesas

Frankfurt – O Deutsche Bank não tem planos de reduzir sua presença na China, mas o destino da participação do Deutsche na corretora Hua Xia continua em aberto, disse o co-presidente-executivo do banco Juergen Fitschen nesta quarta-feira.

Fitschen disse que bancos estrangeiros estão todos no processo de vender participações minoritárias em empresas chinesas do setor de finanças. O Deutsche está ponderando vender sua fatia de 20 por cento no banco chinês para levantar caixa e reduzir a exposição em seu balanço.

“Claro que não estamos nos afastando da China. Ela será a maior economia do mundo”, afirmou Fitschen em conferência. “É óbvio que é preciso abrir mão de todas essas fatias minoritárias detidas por investidores estrangeiros.”

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s