Citigroup pagará US$ 180 mi para encerrar acusação

Unidades vão entrar em acordo sem admitir ou negar as acusações de terem ludibriado investidores

Washington – Duas unidades do Citigroup pagarão quase 180 milhões de dólares em um acordo sobre acusações da época da crise financeira segundo as quais investidores de dois fundos de hedge foram ludibriados, disseram reguladores dos Estados Unidos nesta segunda-feira.

A Securities and Exchange Commission (SEC) disse que a Citigroup Global Markets e a Citigroup Alternative Investments vão entrar no acordo sem admitir ou negar as acusações e que os fundos vão pagar todos os custos da distribuição do dinheiro aos investidores prejudicados.

“Estamos contentes de termos solucionado esta questão”, disse uma porta-voz do Citigroup em comunicado.

A SEC disse que as duas unidades do banco deram informações “falsas e enganosas” a investidores sobre os fundos ASTA/MAT e Falcon, que coletivamente levantaram quase 3 bilhões de dólares em capital antes dos fundos entrarem em colapso.

A SEC disse que mesmo enquanto os fundos estavam entrando em colapso, as unidades ainda aceitaram 110 milhões de dólares em investimentos adicionais e que os investidores não foram informados sobre as condições financeiras “críticas”.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s