Com exceção de bancos, empresas têm pior retorno em 13 anos

A mediana da rentabilidade sobre patrimônio (ROE) das empresas não financeiras de capital aberto no Brasil foi de 4,14% no trimestre

São Paulo – Com exceção dos bancos, as empresas de capital aberto no Brasil registraram no primeiro trimestre a pior rentabilidade sobre patrimônio dos últimos 13 anos, segundo dados da Economatica.

O indicador mede o quanto de lucro um negócio gera a partir do capital investido por seus acionistas.

Para as companhias não financeiras, a mediana do retorno sobre patrimônio ficou em 4,14% de janeiro a março, patamar que não era atingido desde o primeiro trimestre de 2003.

Já para os bancos brasileiros, o cenário foi diferente, mas também houve queda. A mediana do ROE foi de 9,74% no período, recuo de 1,55 pontos percentuais ante os três primeiros meses de 2015. Veja no gráfico:

(Reprodução/Economatica)

As maiores rentabilidades

A Economatica também analisou a rentabilidade sobre o patrimônio das empresas que compõem o Ibovespa.

Entre as 20 que tiveram os maiores indicadores no trimestre, três são do setor de energia elétrica, duas são bancos e outras duas são da indústria química.

Os demais segmentos da economia aparecem diluídos na lista, com um representante cada. Veja na tabela:

Empresas da carteira teórica do Ibovespa com maiores ROEs em março de 2016 – 12 meses

Empresa Setor ROE em março de 2016
Braskem Indústria química 96,39%
Smiles Outros serviços de apoio 76,75%
BB Seguridade Seguros 51,78%
Cielo Serviços de processamento de dados 38,43%
Natura Comércio de bens não duráveis 29,52%
Cetip Outras atividades relacionadas a investimentos financeiros 27,98%
Lojas Renner Varejo de moda 27,16%
Ambev Indústria de bebidas 26,93%
Equatorial Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica 24,81%
Tractebel Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica 23,17%
EDP Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica 22,62%
Itaú Unibanco Bancos 22,33%
CCR Atividades auxiliares ao transporte rodoviário 21,96%
Localiza Locação de automóveis 21,63%
WEG Indústria de motores, turbinas e transmissores de energia 21,08%
Itaúsa Admnistração de empreendimentos 19,69%
Bradesco Bancos 19,17%
Ultrapar Indústria química 18,94%
BRF Abatedouros 18,82%
Estácio Participações Educação 18,44%

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s