CSN alonga dívida de R$2,2 bilhões com Banco do Brasil

A companhia informou que concluiu operação de alongamento de prazo de parte de sua dívida com o banco

São Paulo – A Companhia Siderúrgica Nacional informou nesta sexta-feira que concluiu a operação de alongamento de prazo de parte de sua dívida com o Banco do Brasil, no montante de 2,208 bilhões de reais.

Dessa forma, a companhia desloca vencimentos nesse montante, previstos para 2016 e 2017, para o período entre 2020 e 2022, em parcelas igualmente distribuídas, segundo comunicado ao mercado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s