Eletrosul não deve aderir a repactuação em contratação livre

A subsidiária Chesf, por sua vez, avaliou não ser vantajosa a adesão à repactuação do risco hidrológico de geração de energia elétrica

São Paulo – A Eletrobras informou que suas controladas Eletrosul e Furnas optaram por aderir à repactuação do risco hidrológico de geração de energia elétrica para usinas contratadas no Ambiente de Contratação Regulada, não aderindo à repactuação para o Ambiente de Contratação Livre, de acordo com comunicado divulgado na noite de quarta-feira.

A subsidiária Chesf, por sua vez, avaliou não ser vantajosa a adesão à repactuação do risco hidrológico de geração de energia elétrica para a sua usina. A empresa disse que ainda informará a opção a ser adotada pela subsidiária Eletronorte.

Mais informações em instantes.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s