EUA sempre intimidam Google e Apple para acesso a aparelhos

Os casos surgiram predominantemente em investigações sobre drogas

San Francisco – A entidade American Civil Liberties Union (ACLU) disse nesta quarta-feira que identificou 63 casos nos Estados Unidos em que o governo federal solicitou mandados judiciais para obrigar a Apple ou o Google a ajudá-lo a acessar aparelhos apreendidos em investigações.

Os casos surgiram predominantemente em investigações sobre drogas, disse a ACLU, adicionando que os dados indicam que tais solicitações do governo se tornaram “bastante comuns”.

Representantes do Departamento de Justiça e a Apple não quiseram comentar. Um porta-voz do Google, unidade da Alphabet, não quis dizer com qual frequência havia cooperado com solicitações ou mandados baseados no All Writs Act, ou a frequência em que os havia contestado.

O Departamento de Justiça dos EUA revelou anteriormente que a Apple recebeu 70 mandados judiciais requerendo que a empresa fornecesse assistência desde 2008, que a companhia atendeu sem objeção.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s