Fibria usa reservatórios próprios para abastecer fábricas

A companhia disse que a condição da água do sistema está "complicada" e que está monitorando a situação do Rio Doce

São Paulo – A Fibria disse que está usando reservatórios próprios de água com autonomia de 100 dias para abastecer sua fábrica de celulose em Aracruz (ES), após o desastre da mineradora Samarco, em Minas Gerais, contaminar o sistema hídrico da região.

A companhia disse que a condição da água do sistema está “complicada” e que está monitorando a situação do Rio Doce.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s