Barbalho anuncia investimento de R$ 308 mi da Rumo em Santos

O investimento, de R$ 308 milhões da Rumo até o fim de 2018, aumentará a capacidade de armazenamento, capacidade de recepção e embarque de mercadorias

São Paulo – O ministro dos Portos, Helder Barbalho, anunciou na manhã desta quarta-feira, 24, a assinatura de aditivo a contratos com a Rumo Logística para expansão das operações da companhia no Porto de Santos (SP).

O aditivo, assinado ontem, representará investimentos de R$ 308 milhões da Rumo até o fim de 2018, com aumento da capacidade de armazenamento, capacidade de recepção e embarque de mercadorias.

Segundo o Ministério dos Portos, o aditivo unifica os três contratos da Rumo com a Companhia Docas de São Paulo (Codesp), levando o prazo de concessão para março de 2036.

A empresa, controlada do Grupo Cosan, passa a incorporar mais mil metros quadrados no Porto de Santos – somados à área que a companhia já controla de cerca de 117,4 mil metros quadrados.

Pelo aditivo, a capacidade de armazenamento dos terminais da Rumo passa de 10 milhões de toneladas para 14,67 milhões de toneladas ao ano. A capacidade anual de recepção de mercadorias passa de 17,68 milhões de toneladas para 29,7 milhões de toneladas. Já a capacidade de embarque de mercadorias crescerá 24%, para 16,67 milhões de toneladas ao ano.

A pasta comunicou que os investimentos acertados com a empresa se destinarão a equipamentos e estruturas de armazenagem de açúcar e outros produtos de origem vegetal, em sacos e a granel.

Concessões no Pará

Durante evento em São Paulo, que contou com a presença do vice-presidente Michel Temer, Barbalho também falou sobre a concessão de seis terminais no Pará.

O leilão está marcado para 31 de março. A concessão abrange duas áreas em Santarém, três em Outeiros e uma em Vila do Conde. Este último foi oferecido na rodada anterior, em dezembro, mas não recebeu nenhum lance.

À época, os investidores se concentraram em arrematar três terminais em Santos, porto que é o mais movimentado do País.

Barbalho afirmou que “mudanças foram realizadas a partir da demanda dos investidores” para tornar a concessão de Vila do Conde mais atraente.

“Estamos absolutamente confiantes de que haverá pleno sucesso no leilão de áreas do Arco Norte”, disse o ministro.

Salvador

O ministro informou que a pasta recebeu a liberação do Tribunal de Contas da União (TCU) para lançar nos próximos dias o edital para o terminal de passageiros de Salvador.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s