Empresas japonesas voltam a investir em petróleo no Irã

"Vamos continuar a apoiar a implementação consistente do acordo final sobre a questão nuclear iraniana", afirmou o governo japonês

Tóquio – O governo do Japão aprovou nesta sexta-feira a suspensão das sanções contra o Irã, na sequência da recente conclusão de um acordo para tentar impedir que Teerã desenvolva armas nucleares.

O movimento, que já era esperado, permitirá que as empresas japonesas voltem a investir na indústria de petróleo e gás do Irã.

“Vamos continuar a apoiar a implementação consistente do acordo final sobre a questão nuclear iraniana, uma vez que o vemos como uma forma de fazer valer a não proliferação de projetos nucleares e contribuir para a estabilidade do Oriente Médio”, disse o chefe de gabinete, Yoshihide Suga.

A Organização das Nações Unidas (ONU) certificou na semana passada que o Irã cumpriu todos os seus compromissos estipulados no acordo nuclear, realizado com as grandes potências, depois que a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) certificou que Teerã respeitou suas obrigações para garantir a natureza pacífica de seu programa nuclear. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s