Klabin prevê redução rápida de endividamento em 2016

O diretor geral da Klabin afirmou que a companhia não está enfrentando dificuldades na negociação com clientes para colocação do produto

São Paulo – A produtora de papel Klabin espera uma rápida queda no nível de endividamento no próximo ano após o fim dos desembolsos para a construção de sua primeira fábrica de celulose, que deverá produzir 900 mil toneladas do insumo em 2016.

Em teleconferência com analistas, o diretor geral da Klabin, Fabio Schvartsman, afirmou que a companhia não está enfrentando dificuldades na negociação com clientes para colocação do produto.

A companhia divulgou na véspera prejuízo líquido de 1,3 bilhão de reais no terceiro trimestre, com a alavancagem medida pela dívida líquida sobre lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) crescendo de 2,4 vezes no terceiro trimestre de 2014 para 6,2 vezes ao final de setembro.

Schvartsman não deu detalhes sobre a expectativa de alavancagem da companhia no próximo ano. “Ela vai chegar ao final do ano que vem a condições absolutamente normais”, disse o executivo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s