Lucro da Comgás registra alta de 61,2% no 4º trimestre

Lucro da distribuidora foi de R$ 240,527 milhões no quarto trimestre de 2015

São Paulo – A Companhia de Gás de São Paulo (Comgás), distribuidora de gás natural com atuação no mercado de São Paulo, anotou lucro líquido de R$ 240,527 milhões no quarto trimestre de 2015, aumento de 61,2% ante igual período de 2014. 

Já o lucro líquido normalizado pela conta corrente regulatória foi de R$ 179,594 milhões nos últimos três meses do ano, o que corresponde a um aumento de 4,2% na comparação anual.

No acumulado do ano passado, o lucro líquido somou R$ 698,852 milhões, o que corresponde a um aumento de 14,3% frente o ano anterior, enquanto o lucro líquido normalizado pela corrente regulatória totalizou R$ 619,688 milhões no ano, avanço de 13,5%.

O Ebitda da companhia foi de R$ 413,719 milhões entre outubro e dezembro, alta de 39,9% frente o reportado no mesmo intervalo do ano anterior. A companhia também divulgou um Ebitda normalizado, que foi de R$ 314,291 milhões no quarto trimestre, com baixa de 2,9%.

No consolidado de 2015, o Ebitda somou R$ 1,529 bilhão, alta de 6,6%. Com isso, ficou perto do piso das projeções da companhia, que era atingir um Ebitda entre R$ 1,5 bilhão e R$ 1,7 bilhão no ano.

Já a linha de Ebitda normalizado cresceu 5,7% e somou R$ 1,378 bilhão em 2015, também dentro da estimativa da companhia, de totalizar entre R$ 1,350 bilhão e R$ 1,45 bilhão.

A conta corrente regulatória leva em consideração as diferenças entre o custo de gás pago aos fornecedores e o custo de gás contido nas tarifas da Comgás. Essa diferença é acumulada na conta corrente regulatória e repassada aos clientes, para mais ou para menos.

A receita líquida da Comgás registrou um aumento de 2,4% entre outubro e dezembro, sobre o mesmo intervalo de 2014, para R$ 1,648 bilhão, totalizando R$ 6,597 bilhões no acumulado do ano, montante 3,3% superior ao anotado em 2014.

O resultado financeiro líquido encerrou o quarto trimestre em R$ 50,527 milhões negativos, aumento de 22,8% em relação ao resultado do mesmo período do ano anterior, totalizando R$ 181,889 milhões negativos no ano, número 5,8% menor que a perda financeira de 2014.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s