Lucro líquido da CPFL sobe 188,5% no 3º trimestre

Empresa reportou lucro consolidado de R$ 280,221 milhões no terceiro trimestre

São Paulo – A CPFL Energia S.A. reportou um lucro líquido consolidado de R$ 280,221 milhões no terceiro trimestre, aumento de 188,5% ante o montante de R$ 97,131 milhões registrados no mesmo período de 2014.

Segundo a empresa, em release de resultados, o desempenho do grupo foi impactado positivamente pela expansão dos ganhos no segmento de geração (convencional e renovável) e pela melhora do resultado financeiro líquido, entre outros fatores.

No ano, o indicador somou R$ 512,771 milhões, aumento de 23%.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) do terceiro trimestre foi de R$ 1,080 bilhão, alta de 25,7% ante o de R$ 859,568 milhões do mesmo período de 2014.

A geração convencional contribuiu com R$ 82 milhões para essa expansão, decorrente do melhor desempenho das térmicas da Epasa e da estratégia de sazonalização das usinas do Grupo, e a CPFL Renováveis, com outros R$ 78 milhões.

A distribuição acrescentou R$ 43 milhões, refletindo, entre outros itens, uma expansão das despesas gerenciáveis abaixo da inflação. No ano, o indicador totalizou R$ 2,744 bilhões, alta de 13,5%.

A receita operacional líquida (excluindo a receita de construção) da CPFL de julho a setembro foi de R$ 4,967 bilhões, aumento de 17,1% ante a de R$ 4,241 bilhões dos mesmos meses de 2014.

No ano, a cifra foi de R$ 15,419 bilhões, crescimento de 27,8%. “Esse crescimento é resultado da incorporação dos ativos financeiros, pela expansão dos resultados da área de geração e pelo aumento das tarifas de energia das oito distribuidoras do Grupo”, declarou a CPFL.

A empresa também apresenta os resultados consolidado gerencial, que consideram as participações equivalentes em cada um dos ativos nos quais a CPFL Energia possui participação, os ativos e passivos financeiros setoriais (antigos ativos e passivos regulatórios) de 2014 e excluem os efeitos não recorrentes.

Nesse conceito, o lucro líquido foi positivo em R$ 305,284 milhões no terceiro trimestre, alta de 33,8% ante a cifra de R$ 228,156 milhões do mesmo período do ano passado. Até setembro, houve queda de 0,2%, para R$ 876,841 milhões.

Já o Ebitda somou R$ 1,074 bilhão de julho a setembro, alta de 7,6% ante o de R$ 998,6 milhões dos mesmos meses de 2014. No ano, o indicador ficou em R$ 3,103 bilhões, aumento de 3,9%.

A receita operacional líquida gerencial totalizou R$ 4,896 bilhões no terceiro trimestre, crescimento de 21,2% frente a de R$ 4,039 bilhões dos mesmos meses do ano passado. No ano, a receita somou R$ 15,264 bilhões, alta de 27,8%.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s