McDonald’s quer vender participações em sua unidade japonesa

As ações da McDonald's Holdings perderam 5,03% de seu valor na abertura da Bolsa de Valores de Tóquio

Tóquio – O McDonald’s está considerando vender parte de sua carteira na McDonald’s Holdings, empresa de joint venture que administra no Japão as operações da marca, diante da queda de vendas e das más perspectivas de recuperação no país asiático.

Segundo antecipou nesta terça-feira o jornal econômico “Nikkei”, o McDonald’s estaria apostando nesta decisão após reordenar este ano sua estrutura organizacional e determinar que o Japão, antes um dos mercados-chave para a marca, deixou de representar um papel de peso, apesar de ser o segundo maior país em número de restaurantes (mais de 3.000).

Por causa da publicação da matéria do “Nikkei”, as ações da McDonald’s Holdings perderam 5,03% de seu valor na abertura da Bolsa de Valores de Tóquio, onde são cotadas desde 2001.

Da mesma forma que aconteceu em outros mercados, o faturamento de sua joint venture japonesa começou a cair por volta de 2012, por causa da pressão cada vez maior de outros concorrentes.

Em julho de 2014 um escândalo na China revelou que um fornecedor de carne de frango para locais deste país e do Japão tinha comercializado durante anos produto vencido.

A isto se acrescenta que nos meses seguintes vários clientes japoneses denunciaram a descoberta de objetos estranhos e restos – como pedaços de plástico e dentes – em comida servida pela rede de restaurantes operada pela McDonald’s Holdings.

Deste modo, as vendas da empresa despencaram este ano 30% em relação a seu nível histórico máximo registrado no país asiático há três anos.

Além de reduzir sua carteira de investimentos, atualmente a matriz americana considera também a necessidade de fazer uma reestruturação das operações japonesas, segundo explicou o “Nikkei”.

A McDonald’s Holdings foi estabelecida em 1971, como uma empresa de joint venture com participação meio a meio entre McDonald’s e a companhia japonesa Fujita.

Embora a Fujita tenha vendido todos seus títulos no ano de 2005, a matriz conserva ainda sua metade do conjunto de acionistas. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s