Microsoft busca aprovação da UE para compra da LinkedIn

Segundo o porta-voz Robin Koch, a Comissão Europeia definiu prazo de 22 de novembro para avaliar o negócio

Florença – A Microsoft fez nesta sexta-feira pedido à União Europeia de aprovação para a compra da rede social LinkedIn por 26 bilhões de dólares, afirmou um porta-voz da empresa de software.

Segundo o porta-voz Robin Koch, a Comissão Europeia definiu prazo de 22 de novembro para avaliar o negócio.

O órgão de defesa da concorrência do bloco poderá liberar a operação com ou sem aplicação de restrições ou pode iniciar uma longa análise sobre as implicações da transação.

A companhia norte-americana de software corporativo Salesforce tem criticado a compra da LinkedIn pela Microsoft, afirmando que o negócio ameaça a concorrência e inovação.

A Microsoft deve defender o negócio, afirmando que há mais do que competição suficiente na área sendo exercida por Facebook e outras redes sociais.

Autoridades de defesa da concorrência nos Estados Unidos, Brasil e Canadá já liberaram a transação.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s