Na Oi, mais um dia de emoções

As últimas reuniões do conselho de administração da Oi estão entre os episódios mais (in)tensos da história recente do capitalismo brasileiro. A última delas, no fim de outubro, teve discussões aos berros e até uma chamada para briga entre Rafael Mora, representante dos portugueses da Pharol (Portugal Telecom) e Nelson Tanure, ligado ao fundo Société Mondiale e acionista mais recente da companhia.

A reunião marcada para esta quarta-feira tinha tudo para somar um novo capítulo a esse histórico. Mas, ontem, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) expediu uma medida cautelar determinando que todos os nomes indicados pelo fundo Société se abstenham das reuniões do colegiado. A portas fechadas, as coisas devem ser mais tranquilas, portanto.

Segundo a agência, o Société não poderia participar das reuniões, já que a autorização para isso ainda está em análise na Anatel. O Société enviou ofício à Anatel informando que tinha intenção de integrar o conselho da Oi em 26 de agosto. A agência afirma que não tinha conhecimento da participação dos conselheiros do Société até que a imprensa começou a noticiar sobre a fatídica reunião de outubro.

O fundo já disse que vai respeitar a decisão da Anatel. O governo e a agência reguladora têm mostrado um grande empenho para garantir que a Oi, dona do maior calote da história (65 bilhões de reais) sobreviva. Na segunda-feira, o governo anunciou que está elaborando uma medida provisória para intervir na companhia caso o conselho de administração continue sem se entender. A pressa do governo em ajeitar as coisas é para não perder o interesse de potenciais compradores – o egípcio Naguib Sawiris, com fortuna de 3 bilhões de dólares, é favorito.

A Oi também publica seu balanço do terceiro trimestre nesta quarta-feira, após o fechamento do mercado. A expectativa é de mais um prejuízo, desta vez de 358 milhões de reais, ante 1 bilhão de reais do terceiro trimestre de 2015. Hoje, investidores devem ficar com um olho no balanço e o outro na reunião.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s