P&G para de fabricar Ariel em pó e fecha fábrica

Nos últimos anos, a P&G investiu R$ 2 bilhões no país, principalmente na expansão de fábricas

São Paulo – A P&G decidiu encerrar a produção de sabão em pó Ariel e fechar a fábrica em Anchieta, São Paulo.

A empresa afirmou que 175 funcionários trabalhavam no local e que irá transferir alguns para outras fábricas no Brasil, bem como para funções diferentes e conceder aposentadorias antecipadas ou programas de demissão voluntária e recolocação.

Ela irá focar na venda de sabão líquido concentrado pelo potencial do produto no Brasil. Por aqui, a versão líquida corresponde a 20% das vendas de detergentes para roupa, enquanto em países desenvolvidos a fatia nas vendas é de 80%.

A produção do amaciante líquido Downy que também era feita no local será transferida até março de 2017 para a unidade em Louveira, que tem capacidade para aumentar a produção em 60%.

Nos últimos anos, a P&G investiu R$ 2 bilhões no país, principalmente na expansão de capacidade.

“Desenvolvemos um plano de longo prazo para a cadeia de fornecimento para vencer no Brasil – apesar da situação macroeconômica – que estamos executando agora através da consolidação de fábricas”, afirmou a companhia em comunicado.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s