Petrobras aprova venda da participação na Argentina

A Petrobras iniciou negociação exclusiva com o fundo de gestão de ativos Brookfield para a venda da subsidiária Nova Transportadora do Sudeste

Rio – A Petrobras iniciou negociação exclusiva com o fundo de gestão de ativos Brookfield para a venda da subsidiária Nova Transportadora do Sudeste (NTS), que administra a malha de gasodutos da estatal na região.

A negociação exclusiva terá duração de 60 dias, prorrogável por mais 30 dias, de acordo com Fato Relevante publicado pela companhia. Também nesta quinta-feira, 12, o conselho de administração da estatal aprovou a conclusão da venda de participação na subsidiária argentina PESA, anunciada há duas semanas.

A NTS está em negociação desde o início do ano, conforme antecipou o Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado. A previsão da estatal é vender até 81% em participação na subsidiária, criada a partir da reestruturação da malha de gasodutos, no último ano, como parte do processo de desinvestimento da companhia. Os valores ainda não foram confirmados e a venda ainda será submetida à aprovação do conselho de administração e órgãos reguladores.

A companhia também anunciou a aprovação, pelo conselho, da venda de sua participação de 67,19% na Petrobras Argentina (PESA) para a Pampa Argentina. A negociação foi concluída no valor de US$ 892 milhões.

“A operação contemplou também um acordo para operações subsequentes visando a aquisição de 33,6% da concessão de Rio Neuquen, na Argentina, e de 100% do ativo de Colpa Caranda, na Bolívia, por um valor total de US$ 52 milhões. Os ativos de Rio Neuquen e Colpa Caranda têm valor estratégico para a Petrobras, pois apresentam grande potencial de produção de gás natural, especialmente Rio Neuquen, onde a Petrobras estima haver grandes reservas de gás natural não convencional (tight gas)”, explicou a empresa em fato relevante.

A manutenção das operações nessas regiões ainda será submetida às instâncias de deliberação da subsidiária argentina, além dos órgão reguladores.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s