Polícia faz buscas em escritório do Google em Paris

A polícia conduz investigações como parte de um inquérito preliminar aberto pela procuradoria nacional financeira

Uma operação de busca e apreensão estava em andamento nesta terça-feira no escritório do Google em Paris, como parte de uma investigação por fraude fiscal, informou uma fonte da polícia, confirmando as informações do jornal Le Parisien.

A polícia conduz investigações como parte de um inquérito preliminar aberto pela procuradoria nacional financeira.

Contactado pela AFP, o serviço de imprensa do Google França não estava imediatamente disponível para comentar esta informação.

Uma fonte próxima ao caso tinha indicado em fevereiro que as autoridades fiscais francesas exigiam 1,6 bilhão em impostos atrasados do gigante da alta tecnologia, um valor que não havia sido confirmado pelo ministério das Finanças.

Google e outras empresas americanas como Amazon ou Facebook são regularmente acusadas de sonegação de impostos tanto nos Estados Unidos como na Europa, optando, por exemplo, por se estabelecer em países onde a tributação é mais favorável a eles.

A sede europeia do Google está localizada na Irlanda, um país com uma das tributações sobre os lucros das empresas (12,5%) entre as mais baixas da UE.

A filial francesa da Google havia recebido uma “notificação” de ajuste fiscal pelo governo francês em março de 2014, cujo valor não foi divulgado.

E em junho de 2011, várias buscas e apreensões foram feitas nos escritórios de Paris do Google France, como parte de uma investigação de “preços de transferência” entre o ramo francês da empresa americana e sua subsidiária irlandesa.

Nota do Google à EXAME.com:

“Estamos em conformidade com a legislação fiscal da França, assim como em todos os outros países em que operamos. Estamos cooperando plenamente com as autoridades em Paris para responder às suas perguntas, como sempre”. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s