Produção de petróleo da Petrobras no Brasil cresce 2,1%

A produção de petróleo da Petrobras no Brasil atingiu 2,10 milhões de barris por dia em média em outubro, volume 2,1% maior que o verificado em setembro

São Paulo – A produção média de petróleo da Petrobras no Brasil chegou a 2,10 milhões de barris por dia (bpd) em outubro, volume 2,1 por cento maior que o verificado em setembro, quando foram realizadas paradas programas para manutenção de grandes plataformas, informou a petroleira nesta terça-feira.

Contudo, a produção no país caiu 1,22 por cento ante outubro do ano passado, quando chegou a 2,126 milhões de barris/dia, um recorde mensal naquela oportunidade.

Em meio à queda nos preços do petróleo, a estatal verificou em outubro recuo na sua produção na região do pré-sal, onde os custos são mais elevados.

A produção de óleo e gás no pré-sal caiu 2,3 por cento ante setembro para 1,005 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). A produção exclusiva de petróleo operada pela Petrobras no pré-sal ficou em 809 mil barris/dia, recuo de 2,3 por cento ante setembro.

A estatal não explicou a queda na produção do pré-sal.

Em novembro, a produção da Petrobras no país deve recuar, repercutindo a greve dos petroleiros que começou no início do mês. A Petrobras informou nesta terça-feira que a greve dos trabalhadores reduz, desde o dia 9 de novembro, a produção de petróleo no Brasil em cerca de 100 mil barris/dia, ou cerca de 5 por cento da extração da companhia no país.

No caso da produção de gás natural, a redução devido à greve é de 1,5 milhão de metros cúbicos/dia, ou 3 por cento da disponibilidade do mercado.

No início do movimento grevista, no começo do mês, a queda na extração de petróleo e gás foi maior, superando os 10 por cento do total produzido pela companhia.

EXTERIOR

A produção média de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior da Petrobras atingiu em outubro 2,76 milhões boed, alta de 1,6 por cento ante setembro.

A produção no exterior cresceu 3,4 por cento, para 194 mil boed, “principalmente devido ao desempenho dos novos poços no campo de Rio Neuquén, na Argentina, e à conclusão das operações de limpeza realizadas no gasoduto de exportação do campo de Akpo, localizado na Nigéria”, disse a estatal em comunicado.

A produção média de petróleo no exterior foi de 99 mil barris/dia, alta de 2,8 por cento ante setembro.

A produção média de gás natural no exterior foi de 16,1 milhões de metros cúbicos/dia, 4,1 por cento acima do mês anterior, devido ao desempenho dos novos poços na Argentina.

Texto atualizado às 21h15

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s