Raízen receberá R$ 408,6 mi por sua participação na STP

Joint venture formada entre a Cosan e a Shell receberá R$ 408,600 milhões pela sua participação de 10% no capital social da STP

São Paulo – A Raízen Combustíveis, uma joint venture formada entre a Cosan e a Shell, receberá R$ 408,600 milhões pela sua participação de 10% no capital social da Serviços e Tecnologia de Pagamentos (STP), dona da Sem Parar, que foi vendida para a DBTrans, que é garantida pela Fleetcor.

Já a Arteris, receberá R$ 191,224 milhões referente a sua participação de 4,6799% na companhia.

A CCR, com 34,2372% do capital social, receberá R$ 1,398 bilhão por 34,2372% do capital social.

O venda de 100% da STP para a Fleetcor foi anunciada hoje pela manhã e o valor total da operação será de R$ 4,086 bilhões. Além da CCR, Raízen e Arteris, a composição acionária da STP é formada ainda pelo fundador do negócio, Ivan Toledo (com 31,33%); o fundo americano Capital Group (com 11,41%); e a empresa de tecnologia GSMP (8,34%).

A operação ainda está sujeita a obtenção de autorização do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

O interesse da Fleetcor já havia sido antecipado pelo jornal O Estado de S. Paulo no dia 18 de janeiro. No mesmo dia, a CCR confirmou o recebimento da proposta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s