Ser Educacional deve lutar contra união de rivais

Fontes próximas à Ser dizem que a empresa ainda estava avaliando os próximos passos, mas não descarta uma nova oferta pela Estácio.

São Paulo – A Ser Educacional recebeu ontem um balde de água fria, diante da sinalização de Kroton e Estácio de que estão mais perto de uma fusão. Fontes próximas à Ser dizem que a empresa ainda estava avaliando os próximos passos, mas não descarta uma nova oferta pela Estácio.

Mas, caso a fusão de Estácio e Kroton se confirme, a Ser deve trabalhar para indicar ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) os riscos que a operação traz para a concorrência neste mercado, “exigindo que todos os procedimentos legais sejam cumpridos”, disse uma fonte próxima à empresa.

Caso a fusão entre Kroton e Estácio se concretize, a Ser estará, provavelmente, na ponta de compra de ativos que venham a ser vendidos após as exigências do Cade. Procuradas, Kroton, Estácio e Ser não comentaram. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s