State Grid faz oferta por linhas da Abengoa, dizem fontes

Fontes afirmam que a chinesa State Grid apresentou uma oferta para a compra de linhas de transmissão de energia da Abengoa no Brasil

A chinesa State Grid apresentou uma oferta para a compra de linhas de transmissão de energia da Abengoa no Brasil, segundo duas pessoas informadas sobre o assunto.

Maior empresa de energia do mundo, a State Grid apresentou uma oferta neste mês para comprar ativos em operação da Abengoa no país, informaram as duas pessoas, que pediram anonimato porque a informação é privada.

A estatal State Grid concordou em pagar US$ 1,8 bilhão por uma participação na CPFL Energia no início deste mês.

Em fevereiro, a Abengoa recebeu aprovação para buscar recuperação judicial no Brasil em meio a um esforço para reestruturar dívidas e liquidar operações ao redor do mundo.

A empresa com sede em Sevilha, na Espanha, é a maior operadora de linhas de transmissão não-estatal do Brasil, com 10.000 quilômetros de linhas em operação ou em construção.

A Abengoa possui sete linhas de transmissão em operação no Brasil, avaliadas em cerca de R$ 1 bilhão (US$ 305 milhões), mais R$ 1,2 bilhão em dívidas, que seriam transferidas para o comprador, segundo relatório de viabilidade econômica obtido pela Bloomberg.

Um porta-voz da Abengoa não respondeu imediatamente ao pedido de comentário. Um representante da State Grid não quis comentar o assunto.

A Abengoa tem seis projetos atrasados no Brasil e outros três cuja construção não foi iniciada, disse André Pepitone da Nóbrega, diretor da agência reguladora Aneel, a jornalistas, em um evento no Rio de Janeiro, em junho.

Os projetos que ainda não foram iniciados serão incluídos em leilões neste ano, segundo o secretário de Planejamento do Ministério de Minas e Energia, Eduardo Azevedo.

Rede estatal

O Haitong Bank está assessorando a State Grid na aquisição de ativos da Abengoa no Brasil, segundo uma das fontes.

A Abengoa contratou a consultoria brasileira G5 Evercore para liderar sua reestruturação financeira.

O Haitong e a G5 não responderam imediatamente aos e-mails e telefonemas em busca de comentário.

Há mais empresas interessadas nos ativos da Abengoa.

A Transmissora Aliança de Energia Elétrica, operadora estatal de linhas de energia do Brasil, está “interessada e avaliando” alguns dos ativos da empresa, disse o presidente João Procópio Vale em entrevista, na terça-feira.

Os recursos da venda de ativos da Abengoa serão usados para cobrir a dívida da empresa, segundo o documento obtido pela Bloomberg News.

A unidade brasileira da Abengoa possuía uma dívida líquida total de cerca de R$ 3,3 bilhões em fevereiro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s