UniCredit e Santander abandonam fusão de gestoras de fundos

Os dois bancos renunciam, assim, a criar um gigante europeu que teria tido ativos de 400 bilhões de euros e uma avaliação estimada em 5,3 bilhões de euros

O banco italiano UniCredit e o espanhol Banco Santander anunciaram nesta quarta-feira o abandono das negociações para fundir suas respectivas gestoras de fundos, Pioneer Investments e Santander Asset Management.

O UniCredit explicou ter decidido “colocar fim aos acordos de 11 de novembro de 2015 relacionados à fusão da Pioneer Investments e Santander Asset Management”.

O Santander, o primeiro banco espanhol em capitalização, e o UniCredit, o primeiro na Itália em ativos, renunciam, assim, a criar um gigante europeu que teria tido ativos de 400 bilhões de euros e uma avaliação estimada em 5,3 bilhões de euros.

O novo presidente do UniCredit, o francês Jean-Pierre Mustier, já havia anunciado em sua chegada em meados de julho uma “revisão profunda” da estratégia do banco.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s